jusbrasil.com.br
16 de Abril de 2021

Uso de faróis baixos durante o dia será obrigatório

Projeto de lei aprovado na Câmara prevê perda de quatro pontos na CNH e multa de R$ 85.

Camila Vaz, Advogado
Publicado por Camila Vaz
há 6 anos

Uso de faris baixos durante o dia ser obrigatrio

O uso dos faróis baixos nos veículos durante o dia passará, em breve, a ser obrigatório no Brasil. Foi aprovado nesta segunda-feira (31), na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara, o projeto de lei 5070/13, de autoria do deputado Rubens Bueno (PPS-PR).

O texto propõe que o não uso dos faróis baixos nos veículos durante o dia em rodovias será considerado infração média, com perda de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 85. Hoje, é obrigtório apenas em túneis.

O acendimento dos faróis baixos à luz do dia já é exigido há alguns anos em diversos países europeus por questões de segurança — aumenta a visibilidade. Da lei surgiram, inclusive, as DRLs (ou Luzes Diurnas de LEDs), que alguns carros mais modernos já trazem de fábrica. Esta é acionada assim que o motorista aciona o contato, permanecendo acessa em tempo integral — só desliga com o acendimento dos faróis principais.

Apesar de ainda não ser lei, o uso dos faróis baixos durante o dia já é recomendado pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito). O próprio órgão, no entanto, reconhece que a sugestão é pouco acatada. Aprovado em todas as comissões da Câmara, o projeto do deputado Rubens Bueno segue agora para o Senado. Sendo novamente aprovado, restará a sanção presidencial e posterior publicação no Diário Oficial.

Fonte: R7

94 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Daí, de tanto usar a lâmpada durante o calor de rachar no dia, à noite, quando você realmente precisa, a luz não acende devido ao desgaste a que foi submetida. continuar lendo

Pois é! E a indústria dos faróis agradece, assim como a dos extintores ABC continuar lendo

Eu uso o farol ligado 100% do tempo desde 2009 e nunca tive problemas relacionado a isso continuar lendo

Fred Cintra.

E a lâmpada é a mesma? Quantas vezes foi trocada? Você diminui o tempo de uso devido ao desgaste acelerado ao deixar um equipamento ligado por vários turnos seguidos. continuar lendo

Faço isso há 5 anos e nunca queimou ou diminuiu a intensidade. Virou hábito. E caso isso ocorra, qualquer lampada (exceto XENON, óbvio), fica em torno de 20, 30 reais no máximo. Isso se ocorrer em um ou dois anos não esta nada mal. O que vale é a segurança! continuar lendo

E nessa de baixa durabilidade é bom ver o tipo de rua que usa.

Não generalizem o mundinho em que vivem.

Em cidades com asfalto lindo, em carro que não trepida, uma lampada devia ser eterna, assim como toda a suspensão do automóvel,

Mas lembra que pra CADA Km de asfalto no brasil tem uns 100Km de estradas ou ruas sem asfalto, não sejam bairristas e vejam os 8,5 milhões de Km², onde tem mais de 200 milhões de habitantes.

Trepidação, por buraco em rua, por costela de estrada sem asfalto, chacoalha o filamento da lampada, estando na vertical ou na horizontal ele chacoalha, e quando ele está quente fica bem frágil, um peteleco com o dedo queima umas lampadas.

(Isso também vale pra partes como amortecedores e cia, eu vivo em lugar onde se trocar isso todo ano, mas tem gente que vive em paraíse e pode se dar ao luxo de andar 10 anos sem trocar isso, tudo derivado do tipo de via que se trafega)

Se a legislação fosse de caráter técnico (Lugar de político ou advogado NÃO é em laboratório testando isso) teria obrigatoriedade de um aro de leds ou algo assim, algo perfeitamente POSSÍVEL e de baixa custo pra veículos novos, não sei se impactaria mais que 0,001% do valor do veículo e aí sim haveria durabilidade gigante em qualquer terreno.

(Mas a legislação é feita por leigos, dá nisso, querem tapar o sol com a peneira, colocar um elemento frágil como a lampada, acesa a toa, e onde ela é MAIS necessária (Estradas com poeira) é onde ela MENOS dura. E infelizmente os leigos noobs desinformados que legislam nessa área não permite o uso de um anel específico de led pra esse uso de dia, exigem que a luz baixa REAL seja usada, sendo que led tem centenas de vantagens na sinalização de dia, pura ignorância (Falta de leitura) por parte de uns legisladores)

É mais um daquelas legislações hiper-fiscalizadas em SP, RJ e capitais, mas que é inaplicável no brasil de verdade.

Eu provavelmente vou partir pra adulteração da característica original do veículo, colocando algo com led pra emular a luz baixa, e manter uma lampada de filamento pra usar a noite, só assim pra viver num país legislado por leigos. continuar lendo

Isso já é obrigatório em motos... Então não vejo nenhum mal em adotarem também para os carros. Quanto a manutenção dos faróis, se a lâmpada tiver de queimar, queimará independente de está utilizando durante a noite ou não. O fato delas ficarem ligadas dia e noite em nada interferem neste caso, pois as lâmpadas originais de fábrica já saem com esse propósito. Infelizmente brasileiro sempre busca por peças "alternativas", quando há a necessidade de substituição, e neste caso, sinto muito mas peças neste aspecto, já possuem vida útil limitada devido a sua qualidade duvidosa. continuar lendo

Isso já é obrigatório para motos e comprovadamente evita acidentes, facilitando a visualização destes veículos, o que estão fazendo é apenas estender a obrigatoriedade aos carros. A questão de os faróis queimarem, acontecerá independentemente de ficarem acesos durante o dia ou não. As lâmpadas originais de fábrica, já foram projetadas para ficarem acesas por longas horas, fato este que o ciclo de vida de uma lâmpada é definido pela quantidade de horas em uso. Infelizmente o brasileiro tem o hábito de substituir a lâmpada queimada original, por outra de qualidade duvidosa, evitando assim adquirir lâmpadas corretas com a alegação de seu alto custo. Este pensamento arcaico, é o que faz com que a maior parte da frota de veículos deste país, circule em péssimas condições de manutenção, colocando não só em riscos os condutores, mas também pedestres que ficam a mercê destes verdadeiros homicidas. Penso que se você quer andar com um veículo automotor, que ao menos a sua manutenção seja feita em dias. Alegar ser contra a utilização de faróis baixos acesos durante o dia sob o questionamento da durabilidade de uma lâmpada, é no mínimo não saber o valor de uma vida. Se este simples fato pode evitar acidentes, por quê então não adota-lo? continuar lendo

Pior. Mas um meio de arrecadar dinheiro do povo. continuar lendo

Ivanil,
E não se esqueça também do Kit de primeiros socorros. continuar lendo

Nunca tive esse tipo de problema e os faróis do meu carro sempre viajaram acesos todo o tempo! continuar lendo

Uso faróis ligados há 9 anos e nunca tive problemas maiores. Acho que troco em média 1 lâmpada de farol por ano. continuar lendo

O uso já é obrigatório para motos, em 5 anos de uso, 150.000 km rodados, troquei apenas uma vez, isso porque a coitada sofre com sol e chuva. continuar lendo

Com todo o respeito ao dep.Rubens Bueno do Paraná, inclusive louvando-o pela preocupação com a segurança do povo brasileiro mas....carissimo deputado; que tal apresentar projetos que BENEFICIEM o povo em outras areas MUITO mais carentes? Isso está me parecendo o caso das tomadas da corrente elétrica, do kit de 1º socorro, do extintor AB ou ABC, ou seja, inócuo em termos de segurança.Farol baixo em plena luz do dia? Sinceramente, acho que temos coisas mais importantes com que nos preocupar.
Querem copiar países europeus? Ótimo, comecemos por diminuir gastos com parlamentares, em seguida fechemos 50% dos ministérios em Brasilia, depois sigamos a Inglaterra e passemos (as Prefeituras) a fornece vale-transporte aos vereadores, depois imitemos a Suécia e acomodemos nossos parlamentares em aptos.funcionais de 40 mts. onde os mesmos lavarão suas roupas em maquinas de lavar comunitárias, e por último façamos como a Italia e realizemos uma operação "mãos limpas" .......que tal ? continuar lendo

Prefere "gastar" a lâmpada ou ter um acidente? Deixa o carro em casa então, parece que sempre são do contra tá doido continuar lendo

Prezada Camila, agradeço pelo conteúdo.

Em SP, alguns anos, havia uma campanha sobre andar com os faróis acesos durante o dia, foi elaborada por um amigo, e desde então, eu tenho esse hábito de durante o dia andar com as lanternas acesas e faróis de neblina.
Em primeira instância parece ridículo, mas não, é de suma importância.
A campanha chamava-se, "Dirija e seja visto".

Quantas pessoas desavisadas evitaram de serem atropeladas pelo sinal de alerta, o farol é chamativo.
Quantos veículos não sofreram colisões traseira, ou abalroamento lateral, ao perceberem a aproximação de um veículo que seguia logo atrás com os faróis acessos.
Quantos acidentes foram evitados em rodovias de mão dupla, colisões frontais e etc.

Nota: A a manutenção veicular é de responsabilidade do proprietário/condutor.
Checar bateria, lanternas e faróis, fazem parte da direção preventiva/defensiva.
Ou, você é daqueles que toma ciência da ineficiência dos equipamentos obrigatórios do seu veículo, quando é abordado numa fiscalização?
Aí meu caro, no seu caso, só levando multa mesmo. continuar lendo

Ok. Mas tem a estatística conclusiva disso? Como ter certeza de que os "ganhos" não teriam sido os mesmos se os faróis estivessem desligados? Estatística é sempre superior à eurística. continuar lendo

Paulo Abreu, meus parabéns! Muito boas suas colocações. continuar lendo

Existem estudos sim, mas geralmente feitos lá fora não aqui, que mostram os benefícios de andar com os faróis ligados durante o dia (o chamado daylight running lights), coisa que mal que se diga as motos já são obrigadas a fazer. Muitos países da Europa já tem a implementação do uso desse recurso como obrigatório, assim como o Canada.
https://en.wikipedia.org/wiki/Daytime_running_lamp continuar lendo

Creio que um farol é mais barato que um funeral! Ou, no melhor dos casos, uma cadeira de rodas... continuar lendo

A medida é ótima, pois permite que voce visualize melhor os demais veículos em trânsito, bem assim que voce também seja melhor visualizado. No entanto, em se tratando de Brasil, pode ter certeza que alguém está visando dividendos políticos ou financeiro com tal medida, sem considerar ainda que, sem que voce perceba acabe queimando uma lampada do farol, com certeza os agentes arrecadadores, digo, agentes de trânsito, não irá apenas alertá-lo do problema e sim multá-lo com o rigor da Lei, de dia ou de noite. continuar lendo

Olhem este trechinho de notícia do nosso nobre deputado preocupado com a visibilidade durante o DIA.

"O Supremo Tribunal Federal (STF) STF irá investigar a suspeita de uso de dinheiro não declarado à Justiça Eleitoral, popularmente conhecido como"caixa 2", envolvendo Renata Bueno e o pai dela, o deputado federal pelo PPS do Paraná Rubens Bueno. Nesta terça-feira (23), o presidente em exercício do STF, ministro Ricardo Lewandowski, suspendeu em caráter liminar a investigação em curso na 1ª Zona Eleitoral de Curitiba e determinou que Supremo conduza o caso. O ministro relator será Marco Aurélio Mello.

O material divulgado pelo STF diz que"em fevereiro de 2012 foi instaurado inquérito para apurar delito de falsidade ideológica supostamente cometido por Renata Bueno, filha de Rubens Bueno, candidata ao cargo de vereador em Curitiba. O crime estaria associado a acusação de realização de esquema de “caixa 2” de campanha. Em maio deste ano o Ministério Público Federal, visando o aprofundamento das investigações, solicitou a realização de diligências que envolveriam também o deputado federal Rubens Bueno.""

fonte: Gazeta do povo continuar lendo

Olha, não é querendo generalizar, mas me lembrei de um trecho da música Reunião de Bacana do saudoso Bezerra da Silva: "Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão".. continuar lendo

Válida a obrigatoriedade!
Viajo constantemente, e sei que de fato é importante o uso do farol durante o dia, pois em vários trechos de rodovia, principalmente quando você já está dirigindo por muito tempo, em uma mudança da luminosidade (ex. trecho com sombras de árvores) pode causar uma confusão de um veículo que está vindo na direção contrária do motorista, você não consegue distinguir se ele está vindo na sua direção e ou indo na mesma direção que você, o que de fato pode casuar um acidente. E ainda é fato que você consegue visualizar com mais facilidade os veículos que estão na direção contrária, facilitando inclusive as ultrapassagens. Quem dirige muito em estrada entende o que estou dizendo. continuar lendo

Imagina nas rodovias como exemplo no Sertão Nordestino, sol de meio dia, o para brisa um caldeirão de fervura, calor batendo nos olhos mesmo com condicionador de ar ligado, asfalto levantando larva de vulcão, e ainda ao cruzar com outro veículo receber de frente faróis em sua visão?

É uma delícia, é "pra" quem dirige muito em estrada (não rodovia) e entende muito o que está dizendo. continuar lendo

Prezado Plínio,

Faça o teste um dia, e acenda o farol do seu carro no calor do sertão nordestino em um dia que o asfalto esteja levantando "larva" de vulcão, seja na rodovia, seja em uma estrada, e olhe para ele, veja se de fato faz alguma diferença na sua visão, se fizer meu caro, procure um médico, seu problema pode ser outro. continuar lendo