jusbrasil.com.br
22 de Outubro de 2017

MP-BA investiga caso de racismo em rede social

Camila Vaz, Advogado
Publicado por Camila Vaz
há 5 meses

MP-BA investiga caso de racismo em rede social

Uma usuária de perfil no Facebook que divulgou mensagens ofensivas a negros e baianos é investigada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) sob suspeita de racismo.

A internauta publicou na rede social que o atentado terrorista, que matou 22 pessoas na última segunda-feira na Inglaterra, deveria acontecer na Bahia. Ela se referiu aos baianos com os termos “gente nojenta e escurinha”.

A apuração será liderada pela promotora Lívia Vaz, coordenadora do Grupo de Atuação Especial de Proteção dos Direitos Humanos e Combate à Discriminação.

“O MP tem o print (cópia) da postagem e a URL (endereço digital) da página. Vamos chegar ao criminoso e processá-lo por crime de racismo”, explica a promotora. Se comprovada a ofensa, a usuária pode pegar de dois a cinco anos de prisão.

O crime, supostamente cometido pela pessoa no Facebook, entra para a estatística do registro de 1.422 denúncias de ofensas virtuais a populações específicas.

Ocorrências

Os dados, referentes ao ano passado, foram contabilizados pela associação de denúncias a crimes digitais Safernet. “A associação possui uma central que possibilita ao internauta denunciar sites ou algum comentário ofensivo”, explica a coordenadora do Safernet Brasil, Juliana Cunha.

Embora publicações ofensivas causem indignação, Juliana recomenda que o usuário denuncie ao invés de compartilhar na internet.

“O compartilhamento do conteúdo pode favorecer o criminoso”, alerta a coordenadora. Imagens, vídeos, textos, músicas ou qualquer tipo de material podem ser denunciados no portal: new. Safernet. Org. Br.

Fonte: A Tarde

5 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Boa tarde Camila,

Quando vejo estes tipos de noticia, enxergo um grande objetivo para o Judiciário no que tange à "processos virtuais". Já fiz, mais antigamente, algumas denuncias de racismo e homofobia em alguns jogos, porém infelizmente não tive resposta sobre as denuncias.

Pelo fato do MP ter se manifestado, já vejo um grande passo no reconhecimento de ofensas pela rede. Mas acredito que devemos, cada vez mais, criar procedimentos que facilitem o reconhecimento e a pericia destes delitos. Desde crimes de racismo até tentativas de aliciamento e de coação.

Sei que pode ser utópico mas precisamos urgentemente de um investimento federal para a "construção" de um setor de pericias e monitoramento de redes para que possamos auditar mais facilmente estes crimes que acontecem hoje e que acontecerão em um futuro muito próximo, que são os roubos de informação de empresas privadas e do governo.

Parabéns pelo texto. continuar lendo

Camila, são dois sites que acesso com muita constância: o Jus e o Yahoo. Por já estar no "topo" máximo daquele site (Perguntas e Respostas), posso excluir perguntas e respostas indesejáveis. Todos os dias, rotineiramente vejo e excluo questões claras de racismo, violência, apologia as drogas, etc. Cadê os "home" do MP? Será que só eu sei disso? continuar lendo

Também, não gosto de negros, brancos, pardos, homossexuais, católicos, evangélicos, ateus, políticos entre outros.
Não gosto de ver qualquer tipo de pessoa, de qualquer classe social, de qualquer ideologia, utilizando-se de suas posições, redes sociais, crendo que podem tudo, falar tudo, escrever tudo.
Não gosto de pessoas que não respeitam outras pessoas, por serem, negras, brancas, pardos, homossexuais, católicos, evangélicos, ateus, até políticos, onde a ofensa PESSOAL, direta e objetiva, denigre a intimidade da pessoa.
Onde está o erro em ser negro, branco, pardo, etc, etc, etc???
O erro está quando não somos, honestos, caridosos, íntegros e humildes.
Infelizmente a punição criminal, não será uma punição íntima, onde a pessoa ofensora, revesse seus conceitos, tomasse consciência da discriminação,da ofensa ao seu semelhante, da sua atitude.
Que pena, nós seres humanos, dotados de tanta inteligência, perdendo o tempo preciso da vida com futilidades, conceitos e preconceitos infundáveis da mesma espécie.
Para encerrar, alguém já viu algum animal em qualquer atitude racista preconceituosa? continuar lendo

Tá, e o pessoal da Baleia Azul?
Por que ninguém foi localizado ainda?? continuar lendo